SUPLEMENTOS CÁRTAMO LEVITHIN CURIOSIDADES BENEFÍCIOS

O que desacelera o metabolismo e dificulta a perda de peso?

O que desacelera o metabolismo e dificulta a perda de peso?

Como já falamos neste post, a melhor combinação para o emagrecimento saudável consiste em uma alimentação balanceada + atividades físicas regulares. Para perder peso, é necessário gastar mais calorias do que consumir. Mas será que é simples assim? O famoso metabolismo é responsável pelo processamento dessas Kcal no nosso corpo – e tem seu funcionamento influenciado por diversos motivos.

Também conhecido como taxa metabólica basal, esse gasto energético derivado do metabolismo indica a quantidade de calorias que um indivíduo em repouso necessita para viver. A TMB é responsável por 70% a 80% do gasto total de energia do organismo, somada à termogênese causada pelo exercício e pelos alimentos. Você sabe quais fatores podem deixar seu metabolismo mais lento e dificultar a perda de peso? Descubra agora e evite!

Alimentação inadequada

Exagerar na ingestão de alimentos industrializados, com muito açúcar e sódio, já desacelera o metabolismo. Contudo, ficar muito tempo sem se alimentar é ainda pior! Quando fazemos jejum, o corpo “entende” que a próxima refeição vai demorar e armazena o máximo de energia possível, desestimulando a queima de calorias. Assim, consequentemente, ganha-se peso.

O ideal é comer de 3 em 3 horas, o que eleva o gasto energético por meio da termogênese alimentar. Quando consumimos algo, nosso organismo faz a digestão, a absorção e, por fim, utiliza os nutrientes ingeridos. Nesse processo termogênico, o corpo gasta energia e produz calor, aumentando sua temperatura para níveis acima dos basais. Isso representa aproximadamente 10% do gasto energético diário total.

Portanto, fracionar a dieta durante o dia faz com que o gasto calórico aumente. Mas atenção! O número de calorias ingeridas não deve ser maior, e sim dividido entre as refeições de acordo com a necessidade total do indivíduo. Além disso, quando passamos muitas horas sem comer, o apetite grande na refeição seguinte pode causar excessos. Também é muito importante lembrar da hidratação e tomar pelo menos 2 litros de água diariamente!

Sedentarismo

A termogênese induzida pelo exercício é tão importante quanto a alimentar para acelerar o metabolismo. Na correria do dia a dia, muitas pessoas acabam deixando a atividade física de lado e esquecendo sua importância. Um indivíduo sedentário costuma ter o metabolismo muito mais lento.

Mesmo que não seja possível tirar um tempinho para ir à academia, por exemplo, atividades diárias simples como ir caminhando para algum local ou subir escadas ao invés do elevador já ajudam bastante. Principalmente a longo prazo. É essencial movimentar o corpo pelo menos um pouco por dia!

 Sono desregulado

Você sabia que dormir poucas horas por noite pode aumentar o risco de obesidade? O tempo reduzido de sono também pode aumentar o apetite, já que os níveis de grelina (hormônio da fome) se elevam e o gasto energético cai. Ao contrário, a taxa de leptina (hormônio da saciedade) diminui.

Um estudo da Universidade da Califórnia também revelou que, com a privação do sono, o cérebro apresenta uma atividade mais intensa quando se depara com alimentos mais gordurosos. Enquanto isso, a atividade da área cerebral responsável por tomar decisões e avaliar as consequências de consumir certos alimentos é reduzida. De acordo com a pesquisa, isso acontece mesmo quando a pessoa já comeu e não está com fome.

Estresse

Segundo pesquisas da Universidade Estadual de Ohio com algumas mulheres, depois de um dia estressante, nota-se lentidão no metabolismo durante um período de 6 horas após uma refeição. Isso pode gerar algum ganho de peso.

O estresse, assim como a falta de sono, também pode aumentar o consumo de alimentos mais calóricos. O organismo “estressado” interpreta como uma recompensa avulsa à necessidade diária de nutrientes. É possível que esse conjunto de fatores traga quilos extras e aumente a gordura corporal.

Levithin: aliado para acelerar o metabolismo

Agora você já sabe como acelerar seu metabolismo… Mas existem alternativas naturais que podem auxiliar ainda mais, contribuindo para um emagrecimento saudável. O Levithin é um ótimo complemento.

Sua composição auxilia na diminuição dos quilos e reduz a gordura abdominal. O óleo de cártamo, que contém antioxidantes e ácidos graxos com propriedades anti-inflamatórias, ainda possui benefícios para o coração e controla a glicose no sangue.

A L-Cartinina ajuda nosso corpo a transportar gordura para as mitocôndrias das células, onde ela é queimada e transformada em energia necessária para um bom funcionamento do organismo. Entre contato conosco clicando aqui!

Você pode gostar