BENEFÍCIOS CHIÁ CURIOSIDADES ÔMEGA 3 SUPLEMENTOS

ALIMENTOS RICOS EM ÔMEGA 3 DE ORIGEM VEGETAL

Já sabemos os grandes benefícios do ômega 3. No entanto, pensando nos veganos e alérgicos, separamos opções de alimentos ricos em ômega 3 de origem vegetal.

Alimentos ricos em omega 3 origem vegetal

Quando falamos em ômega 3, normalmente já pensamos em peixe. No entanto, pensando nos veganos e alérgicos, separamos algumas opções de alimentos ricos em ômega 3 de origem vegetal. São inúmeros os benefícios que o ômega 3 proporciona à saúde. Vale enfatizar que, não são apenas os peixes que contém um depósito dessa substância.

Hoje vamos conhecer outras fontes de ômega 3 – essa gordura boa, que é extremamente benéfica para a saúde do cérebro e do coração.

A lista é grande, porém catalogamos alguns que podem facilmente serem incluídos na sua dieta diária. Para os veganos e alérgicos à peixes, as opções abaixo, são ótimas opções de alimentos ricos em ômega 3 de origem vegetal.

Ômega 3 de origem vegetal:

Sementes de Linhaça:

A linhaça é um respeitável reservatório de ômega 3. Considerada um superalimento e uma das fontes mais ricas de ômega 3. Além de ser um grande anti-inflamatório, possui autovalor nutritivo e é riquíssimo em fibras e proteínas.

Estudos afirmam que essa ‘’gordura saudável’’ pode beneficiar a saúde do coração, fortalecer a imunidade e de quebra, ajudar no emagrecimento.

A princípio, por ser uma fonte de ‘’gorduras saudáveis’’, a linhaça apresenta uma série de benefícios à saúde – desde à beleza, até atingir a saúde sexual. Tudo isso porque a semente ajuda na regulação hormonal, contribuindo para atenuar os sintomas de menopausa e tpm. Como ondas de calor, quedas de cabelo, perda de peso, redução de colesterol; são alguns dos benefícios desse superalimento.

Um estudo publicado no European Journal of Clinical Nutrition validou uma pesquisa em que, onze indivíduos saudáveis consumiram a semente por 12 semanas e obtiveram redução na glicemia após a refeição, ou seja, a glicose foi liberada lentamente no organismo. Tal processo evita que a gordura seja acumulada e, por consequência, afasta o excesso de peso.

Os participantes do estudo também relataram diminuição do apetite até 120 minutos após o consumo da refeição, diferentemente dos indivíduos que não consumiram a chia, mostrando assim seu efeito no aumento da saciedade.

Nozes:

Primeiramente, além das noz ser uma ótima fonte de ômega 3, outro ponto positivo é que esse alimento também é uma grande fonte de fibras e minerais – ou seja, ajuda a regular o equilíbrio do corpo. Em geral, as oleaginosas como as amêndoas, avelãs e castanhas, são ricas em ômega 3.

Mesmo sendo uma ótima fonte de ômega 3, as nozes não provém dos ácidos graxos de cadeia longa. No entanto, os benefícios são muitos, já que esta castanha possui as vitaminas do complexo B, fibras, proteínas e minerais. Possui alta propriedade antioxidante, no qual vão cooperar para a manutenção da saúde do cérebro, coração, circulação, entre outros.

Grão-de-bico:

Embora essa não seja uma das opções mais vistas em lares brasileiros, esse alimento é supernutritivo. É uma ótima opção para veganos, já que pode ser usado no preparo de diversos pratos saborosos. Portanto, além de ser fonte de ômega 3, esse vegetal possibilita uma série de receitas para manter uma dieta e saúde equilibrada.

Couve:

Couves são ricas em ácidos graxos (ômega 3 e ômega 6) — além disso, contém fibras, vitamina C, minerais, entre outros nutrientes importantes para a saúde. A couve concentra a proporção ideal de ômega 3 e 6 e, oferece diversos benefícios à saúde.

Nesse sentido, uma boa dica é incorporar à alimentação vegetais verde-escuros. De modo geral, são um dos principais alimentos que são fontes desse ácido graxo.

CONCLUSÃO

Por fim, já sabemos o resultado do ômega 3 associado à boa alimentação. No entanto, para os veganos e para os alérgicos à peixes, essas opções são excelentes fontes de ômega 3 de origem vegetal.

Como resultado, esses super alimentos podem te ajudar a equilibrar a saúde como um todo. Desde a saúde física, mental e sexual. Já que oferecem diversos benefícios ao coração, ao cérebro, à pressão, circulação, e até nos  distúrbios hormonais, como a TPM e menopausa.

Você pode gostar